Obtenha mais sólidos lácteos por dia e comece a impulsionar os lucros de 2018 a partir de agora

Os níveis de sólidos do leite, como proteína e gordura, são fatores importantes no manejo do rebanho leiteiro. Estudos indicaram que muitos rebanhos produzem sólidos lácteos abaixo da média para seu mercado e sua raça, o que representa uma oportunidade para melhorar a produção de componentes lácteos e a renda da venda do leite.

Existem muitos fatores que podem afetar a gordura e proteína do leite e podem ser manipulados para obter maiores níveis de componentes lácteos. O manejo nutricional e práticas de alimentação provavelmente vão alterar rápida e dramaticamente a produção de gordura e proteína do leite.

Estratégias nutricionais para altos níveis de sólidos lácteos

A nutrição e o manejo da alimentação são consideradas as melhores soluções para problemas de proteína ou gordura no leite, além da genética. A diminuição da gordura do leite pode ser atenuada dentro de 7 a 21 dias alterando a dieta. As alterações na proteína do leite levam pelo menos 3 semanas ou mais.

Qualquer dieta ou fator de manejo que afete a fermentação ruminal pode alterar os níveis de gordura e proteína do leite. A redução da produção de proteínas microbianas no rúmen devido a desequilíbrios nutricionais ou alimentares podem reduzir a proteína láctea como resultado de menor produção de proteína microbiana disponível ao animal e também reduzir as taxas de gordura no leite, ao limitar a produção de ácidos graxos voláteis ( AGV) no rúmen.

Benefícios do fornecimento de Anco FIT para vacas leiteiras

Vacas leiteiras suplementadas com rações contendo Anco FIT foram avaliadas em pesquisas e ensaios de campo visando verificar o aumento da produção de proteínas e gorduras lácteas e impacto sobre a rentabilidade, incluindo o custo do produto na dieta.

A Figura 1 mostra o incremento médio do rendimento de proteína e gordura no leite em 8 ensaios em 4 diferentes países (Áustria, Alemanha, EUA e República Tcheca). As raças dos rebanhos estudados incluíram Holstein, Simmental, Montbeliarde e Pardo Suiço.

Aumento nos níveis de sólidos no leite.

O incremento médio dos níveis de sólidos do leite (%) com Anco FIT em 8 ensaios foi:
Nível de gordura no leite (%): aumento de + 4,55%
Nível de proteína do leite (%): aumento de + 2,43%

Aumento do rendimento de sólidos no leite (Figura 1)

O incremento médio no rendimento de sólidos do leite com Anco FIT em 8 ensaios foi:
Rendimento diário de gordura no leite (kg): aumento de + 6,61% com Anco FIT
Rendimento diário da proteína do leite (kg): aumento de + 4,18% com Anco FIT.

Benefício econômico – US$ 0.60 / vaca / dia

Com os preços atuais (USDA, 4 de janeiro de 2018) para a gordura do leite (US $ 2,49 / lb) e proteína do leite (US $ 2,04 / lb) para a produção de leite nos Estados Unidos, o incremento nos componentes lácteos do leite nos animais suplementados com Anco FIT significaria um aumento de US $ 0,60 / vaca / dia na renda do produtor ao se utilizar os dados de desempenho médio dos rebanhos leiteiros dos 8 testes listados abaixo.

Sobre Anco FIT

Anco FIT é um ativador da agilidade de adaptação intestinal concebido para ajudar os animais a lidarem com os fatores de estresse nutricionais de uma maneira mais eficiente e melhorar a fermentação ruminal, resultando em melhor qualidade do leite e em em termos de rendimento dos componentes lácteos.
Obtenha mais informações sobre Anco Fit no link: O que é Anco Fit?

Outros pontos a considerar para o lucro de 2018 nas fazendas leiteiras

Componentes do leite: compreenda a variação da gordura e da proteína do leite em seu rebanho leiteiro. Mais informação

Calculadora simples para calcular o preço bruto do leite para vários níveis de sólidos no leite Calcule os preços do leite

Um incentivo adicional para o manejo adequado da silagem Mais informações

3 coisas que você deve saber sobre silagem de milho Mais informações

Compartilhe esta postagem