weaning stress -sows - Anco FIT

Alimentando porcas e leitões para a resiliência de leitões ao estresse de desmame

A forma como os leitões lidam com o estresse de desmame tem um impacto significativo em seu desempenho subseqüente. Um ensaio comercial em matrizes suínas supervisionado pela Universidade de São Paulo no Brasil avaliou o desempenho pré-desmame de leitões em resposta a um programa de alimentação envolvendo o ativador de agilidade intestinal Anco FIT.

Estressores no desmame

Durante o processo de desmame, o suíno é submetido a uma série de diferentes estressores: separação abrupta da porca, transporte e manuseio de estresse, mudança na dieta,estresse da hierarquia social, mistura com leitões de outras ninhadas, mudança no ambiente, aumento da exposição a patógenos e antígenos ou alérgenos da dieta ou ambientais.

O que importa é como o leitão se adapta ao estresse de desmame

O leitão deve adaptar-se ao estressores rapidamente, a fim de melhorar sua performance produtiva, tornando-se mais saudável e eficiente. No nível celular e intestinal, os estressores na fase do desmame causarão reações ao estresse, como estresse oxidativo, redução da integridade intestinal, redução da ingestão de ração e respostas inflamatórias. A extensão dessas reações determinará o impacto do estresse de desmame na saúde e no desempenho subsequentes do leitão. Isto significa que controlar o leitão para reduzir as reações do estresse, conduzirá a um suíno mais resiliente, isto é, menores flutuações negativas no desempenho e consequente melhor saúde.

Solução nutricional para uma maior resiliência

Um ativador de agilidade intestinal é uma solução de alimentação projetada para ajudar o animal a se adaptar aos estressores de forma mais eficiente por meios nutricionais. Parte de sua fórmula é uma combinação de compostos bioativos derivados de ervas e especiarias conhecidas por reduzir as reações comuns ao estresse, como estresse oxidativo e redução da integridade intestinal.

Administrar o ativador de agilidade intestinal para as matrizes suínas altamente prolíficas durante a lactação tem como objetivo para melhorar a energia disponível para a produção de leite devido à redução da extensão das reações de estresse na matrizes suínas. Como resultado, o crescimento pré-desmame de leitões é melhor,o que mais uma vez ajuda os leitões a serem mais fortes no desmame.

Na dieta pós-desmame para leitões, o ativador de agilidade intestinal tem como objetivo, ajudar a reduzir as reações de estresse em resposta aos estressores de desmame no nível celular e intestinal em leitões. Isto deve então aumentar a energia disponível para o crescimento, uma vez que que as reações do esforço aumentariam normalmente e a energia da manutenção também e tornariam os leitões mais suscetíveis à doença.

Avaliação de um ativador de agilidade intestinal em uma unidade produtora de matrizes suínas com ciclo completo no Brasil

O departamento de Ciência Animal da Universidade de São Paulo avaliou o ativador de agilidade intestinal Anco FIT em um programa de alimentação destinado a melhorar a adaptação ao desmame em leitões em uma fazenda comercial com ciclo completo.

Projeto experimental

100 porcas (PIC X Camborough) foram divididas em dois grupos 14 dias pré-parto. Um grupo foi alimentado com uma dieta controle de milho-soja e o outro grupo foi alimentado com a dieta controle, incluindo 1kg/t de Anco FIT até o final da lactação. O tamanho médio da leitegada por matriz suína após o uso foi de 14 leitões. Os leitões foram pesados após o nascimento e no desmame (26,5 dias). Os leitões permaneceram dentro dos grupos desmamados. Leitões de porcas alimentadas com Anco FIT receberam Anco FIT em suas dietas pós desmame. Ambos os grupos de leitões foram pesados no dia 22 e dia 33 pós-desmame.

Resultados

Leitões de porcas alimentadas Anco FIT em suas dietas apresentaram pesos mais elevados de desmame, apesar de ser, em média, 1 dia mais jovem no desmame do que leitões de porcas de controle. Na fase pós-desmame, os leitões Anco FIT cresceram significativamente mais rápido do que os leitões do grupo controle e tiveram pesos significativamente maiores no dia 22 e no dia 33 após o desmame (+9,2% e +9,3%, respectivamente). Isto deveu-se principalmente a um aumento significativo da taxa de conversão de ração (C.A) nos leitões Anco FIT pós-desmame.

Conclusão

Uma estratégia de alimentação que compreende a utilização do ativador de agilidade intestinal Anco FIT nas dietas em lactação, seguida pela adição de Anco FIT às dietas de leitões melhoram o desempenho geral do leitão do nascimento ao dia 33 em comparação com o grupo controle em uma fazenda comercial com ciclo completo. A C.A. melhorada visto em leitões no grupo Anco FIT no período pós-desmame pode ser explicado pela ação do Anco FIT ajudando a reduzir as reações de estresse no nível celular e intestinal e, assim, economizando energia para o crescimento.

Artigos relacionados

Anco FIT – Gestão de custo-eficácia das dietas de suínos

O estresse biológico dos primeiros leitões desmamados. Journal of Animal Science, 2013